Todas as matérias anteriores

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

No Pinheirão todo dia é dia das crianças

Na Escola Pinheiro Borges é assim, todo dia é Dia das Crianças. É dia de criança estudar, aprender... e ensinar! Porque todo aprendente também é ensinante e vice-versa. A escola tem gestoras, e uma equipe de professores, que busca de forma humana conectar todos os aprendentes e ensinantes em um clima de harmonia visando a melhora da aprendizagem. 

Nesta semana dedicada às crianças, o educador e artista Kael Lima presenteou a escola com um gostoso espetáculo teatral. Ele e o seu grupo “Nascidos da Cultura Macaibense” envolveram, nesta quarta-feira, 11/10, todos os alunos e professores em histórias interativas contadas e encenadas no pátio da escola.

O grupo canta, toca instrumentos, brinca e interage com a plateia durante o espetáculo. Os alunos interagiam com os personagens contribuindo com a apresentação, inclusive opinando sobre o ator que deveria assumir determinado personagem.
Além desse show, a escola ofereceu algodão doce, pipoca quentinha, lanche, bolo comemorativo, pula-pula adequados à faixa etária e uma sala Rave Infantil para a galerinha dançar. 

As gestoras e a equipe da Escola Municipal José Pinheiro Borges mais uma vez dão um show de competência e de dedicação aos alunos e ao processo de ensino-aprendizagem.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017


terça-feira, 3 de outubro de 2017

Potiguar disputará Mundial de Parataekwondo em Londres


Christiane Neves garante vaga na delegação brasileira após seletiva nacional, realizada no Rio de Janeiro. Meta é estar em Tóquio 2020, primeira vez da modalidade no programa olímpico

Por GloboEsporte.com, Natal
Christiane Neves está de malas prontas para representar o Brasil no Mundial de Parataekwondo, que será realizado a partir do dia 19, em Londres. Depois de disputar e vencer a seletiva nacional, no Rio de Janeiro, a potiguar garantiu a vaga de titular na seleção brasileira na categoria até 58 kg da classe K44. A atleta conta que foi pega de surpresa com o convite para a seletiva e, segundo ela, teve pouco tempo para se preparar para a disputa. Mesmo assim, conseguiu desbancar as adversárias e garantir a ida ao Mundial.
- No começo eu fiquei muito nervosa, porque eu não sabia quem ia enfrentar, não conhecia as atletas, algumas apareceram agora. Mas eu sempre estive me preparando, treinei forte na semana anterior à seletiva, porque foi tudo muito rápido. Eu estava em um campeonato em Guamaré e ligaram avisando que a seletiva no Rio de Janeiro ia ser uma semana depois - revelou.
Christiane treina forte com um objetivo para o futuro: participar das Paralimpíadas de Tóquio, em 2020 - será a primeira vez que o taekwondo fará parte de uma edição dos Jogos. Para conseguir realizar este sonho, Christiane precisa estar no top-10 da categoria três meses antes da competição, segundo o critério de classificação - cada participação em torneios vale pontos, que são acumulados pelos atletas ao longo do ciclo e variam de acordo com a posição final no torneio.
- Todo atleta tem o sonho de participar de uma Paralimpíada e eu acho que estou no caminho certo, treinando forte, indo às competições para, se Deus quiser, chegar lá em 2020. Não é fácil, treino bastante, deixo de fazer várias coisas, de sair, ir a festas. Tem que se alimentar bem, mas é um sonho e só quem é atleta sabe como é - disse.

Antes de começar a treinar taekwondo, Christiane já teve contato com outras artes marciais - passou pelo judô e jiu-jitsu -, o que facilitou a adaptação ao esporte, que já pratica desde 2014. O responsável pelo sucesso é o professor Rogério Romário, que não tem dúvidas quanto ao talento da aluna e prevê desempenhos melhores ainda no futuro.
- Desde 2014 a gente já vem fazendo esse trabalho. Ela participa de competições convencionais, com pessoas que não têm deficiência, sente um pouco de dificuldade, porém tem esse treino mais intensivo, vamos dizer assim. E agora na seletiva para a seleção brasileira, ela se saiu muito bem e mostrou que está no caminho certo. A expectativa é de ouro (no Mundial), porque ela vem treinando forte, pesado e isso nos traz confiança também - comentou o técnico.
Ainda este ano, Christiane disputará a etapa do Mundial que é organizada pela Federação Internacional do Esporte para Amputados e Cadeirantes e acontecerá em dezembro, nos Emirados Árabes. Em 2018, a potiguar participará da seletiva para a disputa dos Jogos Parapan-Americanos de 2019, na cidade de Lima, no Peru.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

sábado, 26 de agosto de 2017

Escola Pinheiro Borges comemora o Dia do Folclore

O folclore brasileiro pode ser definido como um conjunto de criações, mitos, ritos e lendas, baseados nas tradições que expressam a identidade cultural e social do país.
Este conjunto de tradições geralmente são passados de geração em geração, transmitidos oralmente em histórias criadas do imaginário popular brasileiro, sobretudo das regiões do interior do Brasil.
As histórias criadas possuem mensagens importantes de preservação e conservação do meio ambiente ou tem o intuito de assustar quem as ouve. Algumas delas deram origem à grandes manifestações populares brasileiras que são realizadas em vários estados.
Estas tradições e costumes brasileiros tem origem na miscigenação dos índios, portugueses e africanos, além da influência dos imigrantes vindos de várias partes do mundo, que resulta numa tradição folclórica rica, variada e que apresenta semelhanças e diferenças em cada região brasileira.
Na escola Escola Municipal José Pinheiro Borges, em Macaíba, as alunas Aline de Lima Cassemiro, Maria Rita dos Santos Silva, Iara Otaviano de Lima, Islayne de Oliveira Gomes, e Sandy Jeronimo (do 6º ano A) e Thainá Vitoria Pedro de Moura (6º ano B), realizaram uma apresentação de danças tradicionais do Nordeste brasileiro. A aluna Micaela dos Santos Nascimento (6º ano A) também ensaiou para a apresentação e devera participará dos próximos eventos da escola. Kael Lima, monitor do Mais Educação, é o professor de dança e teatro da escola e selecionou músicas que animaram a comemoração do Dia do Folclore. Foram realizados vários ensaios e o resultado agradou a todos os presentes. No final foi ouvido o côro “Mais uma! Mais uma!” dos alunos pedindo mais uma dança das adolescentes que se apresentaram.
A direção da Escola Municipal José Pinheiro Borges vem buscando nestes momentos, e nas atividades cotidianas, promover cada vez mais a união dos alunos para a melhora do ensino.
Toda a equipe não mede esforços para que os alunos vejam na escola o ponto de partida para a transformação de suas vidas e da sociedade. Nesta tarefa, a base de sustentação sempre será a família.
As famílias precisam se empenhar incansavelmente no cuidado com as crianças e adolescentes. O Folclore resgata hábitos antigos como o contar de histórias, quando as pessoas mais experientes reuniam os mais jovens pra contar anedotas e causos.
É urgente resgatar esse costume. Que as pessoas possam conectar-se menos às redes sociais e muito mais aos seus filhos. E que contem histórias... de passado e de futuro!

Com informações do site: www.significados.com.br/folclore-brasileiro/